Migração:Windows para Linux.

Devido a vários fatores econômicos, na visão dos empresários, qualquer corte de custos com TI na empresa é muito bem vindo, principalmente para pequenas empresas, além disso  temos a  insegurança virtual (virus, trojans, spywares,etc), que é um motivo de preocupação cada vez mais frequente principalmente pra quem tem dados sensiveis (informações bancárias, dados de clientes, vendas, negócios e outros).

Pensando em tudo isso, muitos CIO’s (Diretores de TI), gerentes de tecnologia e responsáveis pela decisão na área de TI, tem adotado cada vez mais soluções baseadas em software livre e Linux, que se mostra bem estável, com um bom retorno de investimento e com “quase” nula propensão a infecções.

Deixando claro que eu não quero ser tendencioso para enaltecer ou desmerecer nenhum sistema, sou um profissional de TI e como tal trabalho com multiplas plataformas e todas elas tem suas vantagens e desvantagens, álias o mundo é assim, por que seria diferente com produtos, softwares e pessoas. Posições ideológicas aqui não cabem, cada um segue aquilo que pensa ser o mais certo pra si e pra sua empresa, uma coisa é certa radicalismo e extremismos não levam a nada, então vamos falar de tecnologia que é o que importa.

Pra quem pensa em migrar ou está dentro de um processo de migração de Windows para Linux , traçar um plano de migração é muito importante, todos os pontos devem estar dentro deste plano, que deve ser apresentado a todos na empresa e em alguns casos deve-se utilizar linguagem mais simples para os não iniciados (quando se faz uma reunião ou apresentação pra diretoria por exemplo), enumerando os pontos fortes e as dificuldades.

Sem um plano destes a probabilidade de sucesso fica bem menor e assim que as coisas começarem a dar errado e  podem ser muitas, pois não houve preparação, vai com certeza sobrar pra você ou para o responsável e até pra toda equipe de TI.

Elabore isso (a migração) em um plano formal, digite e imprima, faça versões (tipo 0.5) e peça  a contribuição de todos, escolha algumas máquinas para teste (fisicas ou virtuais) e mãos a obra.

Começe por mapear as necessidades dos ususários, classifique eles, por categorias, setor ou cargo é primeiro ponto.

Mas atenção, não porque uma solução é livre ou grátis que significa ser melhor do que uma proprietária, a frase “Aqui não existem almoços grátis” pode ser bem útil nessa hora pois você precisará de um especialista pra acompanhar esse processo que pode demorar e sair mais caro e não satisfatório no final, mas claro se você tem o profissional dentro de casa ai é outro papo, mas indenpendente da escolha a solução tem que cumprir todos os objetivos de forma satisfatória.

Bom, se você pretende migrar algum servidor de Windows ou Unix para Linux, após saber o por que desta migração (necessidades e objetivos), temos que saber o que você tem ai:

Primeiro a questão do hardware, o hardware é adequado (CPU, memoria, disco,etc), está em bom estado, é confiável, precisa de upgrade ou de substituição por um novo?

Qual função ou papel você pretende migrar?
Eu irei tratar apenas de infra-estrutura de redes, uma pincelada em banco de dados e aplicações web ok?

Então temos algumas funções:

-Servidor de Arquivos (Samba)
-Servidor de Impressão (Cups + Samba)
-Servidor de Autenticação (Ldap)
-PDC e BDC (Samba)
-Servidor de Autenticação (Kerberos)
-Servidor Web e aplicação (Apache)
-Servidor de Terminais (LTSP)
-Servidor de Banco de dados (PostgreSql e MySql)
-CA raiz (certificado digital)
-Firewall
-Detecção de Intrusos

e mais algumas outras.

Não se esqueça de pensar na INTEROPERABILIDADE, adequando seu servidor Linux para ser acessado corretamente pelas suas máquinas clientes e servidores Windows. O Windows Server 2008 R2 tem ferramentas de interoperabilidade com o mundo unix/linux muito fáceis de usar.

OBS: Aqui tem um post que fala sobre um case de migração de Linux e software livre para plataforma Microsoft:
https://donyitpro.wordpress.com/2010/02/22/demos-de-interop-da-ms-samba-ad-e-windows-7/

Para não estender muito vou voltar ao assunto em um próximo post de migração. Fiquem ligados!

See Ya!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: